domingo, 10 de abril de 2011

Oração de Guerra

Ó meu Pai Amado, eu me coloco diante de Ti, bendizendo Teu santo nome, porque me tens abençoado com toda sorte de bênçãos espirituais, nas regiões celestiais, em Cristo Jesus meu Senhor!

Declaro meus pensamentos cativos à obediência de Cristo, para que apenas o que procede de Ti ocupe minha mente e coração nesta hora de oração, revestindo-me de toda armadura de que fala Ef 6.10, para proteger-me de toda interferência maligna, procedente das hostes organizadas do mal, bem sabendo que o Sangue de Jesus está posto entre mim e satanás, portanto, estou livre para orar, interceder e bendizer Teu santo nome, ó meu Senhor.

Eu te louvo, ó Pai Santo, pela graça, porque o véu que me separava da tua presença santa foi rasgado e agora tenho acesso ao Santo dos Santos, podendo me deleitar em Ti.

Eu te agradeço, Senhor, por tua obra redentora em minha vida, através da semente incorruptível da tua palavra, que a cada dia forma Cristo em mim, possibilitando que meu espírito seja morada do teu Espírito Santo. Por isso, posso ministrar louvores e adoração, servindo de todo o meu coração. Nada poderá me separar de ti, nem do teu amor! Sou mais que vencedor, pois confesso e pratico a tua palavra na vivência dos meus dias nesta Terra.

Graças te dou, Senhor, pois teu Espírito Santo me conduz em triunfo e se move em meu favor pelos ricos favores da tua graça.

Eu te agradeço, Senhor, pois Tu me conferiste autoridade para ministrar a Tua palavra, curar enfermos, pisar serpentes e escorpiões, expulsando demônios e desbaratando as forças organizadas das trevas, as potestades e os principados nas regiões celestiais, que vem na tentativa de matar, roubar e destruir a minha vida, meu lar, e a vida dos meus familiares. Graças te dou, porque minha luta não é contra a carne e o sangue, por isso, guardado e protegido com a armadura espiritual da salvação da fé,da verdade e da tua palavra, posso andar de vitória em vitória, no meu dia a dia, bem sabendo que estes demônios já estão debaixo dos meus pés. Obrigado, meu Jesus, por teu sacrifício vicário na cruz do Calvário, que é arma poderosa da minha vitória!

Eu te agradeço, ó Deus, porque nenhuma arma forjada contra mim prosperará e toda língua que se levantar em juízo contra mim também será condenada. Esta é a herança dos servos do Senhor e tu sabes que sou teu servo para sempre! Eu te agradeço por milhares de promessa gloriosas, que a cada dia se cumprem em minha vida, graças às tuas eternas misericórdias, que se renovam a cada manhã! Agradeço-te também pelos anos ministradores que tu me envias para me guardarem e resvalar os meus pés.

Obrigado, Senhor, pelo dom da fé, sem a qual é impossível Te agradar! Ajuda-me a anunciar que Tu és a minha prioridade e ajuda-me a amar ardentemente ao próximo como a mim mesmo, sendo um canal de bênçãos para todos quanto aprouver a Ti colocar diante de mim, a cada dia. Eu me revisto da couraça da Fé e do Amor e a coloco sobre o meu coração para que dele apenas procedam as saídas da Vida e manancias de bênçãos para todos que se aproximarem de mim. Eu Te dou graças porque Tu me conversarás em perfeita Paz até o dia que eu puder me apresentar triunfante de vitória e júbilo e com indizível deleite em Ti, meu único e suficiente Salvador, pelos séculos dos séculos e para todo sempre! Amém!


Colaboração: Pr. Jamil Mattar de Oliveira e Pra. Aline Castejon Mattar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que legal receber seu comentário!