sábado, 20 de agosto de 2011

Inspiração para os próximos anos de carreira.

Hoje, desde que me levantei fiquei pensando sobre coisas comuns da vida. Lugares importantes por onde passei, pessoas que conheci, emoções que já vivi, coisas que conquistei, coisas que perdi, enfim coisas que fizeram e fazem parte da minha história.
Muitas vezes eu me perguntei: o que realmente é importante na nossa vida? O que é que realmente vale a pena ter conquistado? Será que aproveitei o melhor que a vida me proporcionou?
Lembro-me ainda quando era criança e tinha o maior orgulho de andar com o meu pai, um homem simples que nunca soube o que era lazer. Lembro-me que todas as vezes que saímos juntos era para trabalhar. Como eu adorava aquilo e quanto sentia orgulho de caminhar com o meu pai.
O tempo passa e eu também tive que assumir a minha própria vida, minha família. Não sou saudosista e nem pretendo dizer que as coisas antigamente eram melhores, simplesmente eram diferentes. Mas o que ainda me intriga é pensar: o que realmente vale a pena na vida?
Não creio que exista uma resposta para esta pergunta, até porque a resposta está baseada nos valores que cultivamos ao longo da nossa vida.
Durante toda a nossa vida estamos cercados de oportunidade e de desafios; mas também de barreiras e limitações que precisam ser superadas se quisermos ser alguém.
Precisamos provar a nós mesmo que podemos enfrentar os desafios e superar os obstáculos.
Eu tenho isto como objetivo de vida. Procuro provar a mim mesmo todos os dias que eu posso ser feliz, que tudo que fiz, as decisões que tomei, os erros ou acertos que cometi, sempre vão contribuir para que eu seja grande, que eu seja reconhecido como alguém que veio para fazer a diferença em minha geração.
Sempre tive vontade de voar, de saltar muito mais alto, de explorar horizontes desconhecidos, de mergulhar no sobrenatural e viver uma vida de plenitude na presença de Deus.

Lembro-me ainda de um sonho que tive. Lembro-me de estar em um lugar muito alto, algo parecido com uma cachoeira. Senti o meu coração apertado quando olhei ao horizonte e vi uma paisagem linda mas que não podia ser alcançada. Desejei por um instante ter asas para alçar um vôo e poder chegar longe, muito longe. Não era possível. Havia uma escada ao lado daquele lugar mas era muito arriscado. Os degraus não eram regulares, não havia corrimão, não havia a menor segurança. O sentimento que tive era de que não valia a pena correr o risco de descer por aquele penhasco pela escada. Qualquer deslize seria fatal. Fiquei ali por uns instantes contemplando a paisagem. A vista era linda mas tudo parecia tão distante.Aos poucos uma grande tristeza invadiu meu coração e eu comeceia perder as esperanças. Achei que nunca mais ia conseguir sair dali. Achei que ia ficar somente olhando aquela paisagem mas jamais poderia fazer parte daquele cenário tão encantador. Foi quando de repente vi alguém se aproximar e lançar-se sem nenhum medo em direção aquele vale. Fiquei espantado e pensei: como ele conseguiu? De repente veio uma otra pessoa e também lançou-se da mesma forma. Depois outro, e outro e outro. Percebi que não era algo impossível, que algumas pessoas conseguiam fazer aquilo com tanta facilidade.
Comecei então a perguntar a mim mesmo: porque eu não posso? Porque tantos conseguem e eu fico aqui esperando uma chance, curtindo o medo de simplesmente mergulhar e alcançar o que tanto desejava naquele momento?
Não tive mais dúvidas, se outros conseguem eu também consigo. Deixei o medo de lado, afastei-me por alguns metros, criei coragem, corri até a beirada e pulei. Naquele momento senti meu coração mais leve, percebi meu corpo envolvido por uma sensação de liberdade, senti o vento bater no meu rosto. Abri os braços e comecei a voar como fazem os pássaros. Foi uma emoção muito grande. Não consegui enxergar em meu sonho até onde eu cheguei mas me lembro que acordei com uma forte convicção de que aquilo era para mim uma grande lição: é preciso ter coragem até mesmo para fazer aquilo que outros conseguem fazer com tanta facilidade.
Aprendi que somente podem voar aqueles que tem coragem de enfrentar o desconhecido, aqueles que não tem medo de lançar-se em direção aos seus objetivos.
Durante toda a manhã pensei naquele sonho como a grande revelação de um novo estilo de vida. Estava convencido de que não tenho que ter medo de nada.
Encontrei uma inspiração para os próximos anos de carreira. Falta muito a ser conquistado e eu não posso parar.
Tenho que ter a mesma coragem que Calebe quando estava diante da terra prometida e, quando todos pensaram que ele iria desistir de conquistar a terra, viram um homem cheio de energia pronunciar um dos discursos mais empolgados que vemos no Antigo Testamento. (Vale a pena ler).
Espero encontrar você em algum lugar deste mundo comemorando sucessos, celebrando conquistas, vivendo  momentos de glória e alegria.
Não tenha medo de vencer. Deus está ao nosso lado para nos ajudar nos momentos difíceis e nos ajudar a levantar quando precisarmos de alguém com um braço forte.

Abraço.

Pr Helio Morais


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que legal receber seu comentário!