sexta-feira, 7 de outubro de 2011

A vida é feita de ciclos.


Não é muito difícil entender que a vida é feita de ciclos. Sempre vão existir períodos de alta e períodos de baixa. A natureza é assim, frio e calor, forte e fraco, alto e baixo, etc. Quando observamos alguns fenômenos físicos podemos comprovar claramente esta tendência. O comportamento da eletricidade, por exemplo, é uma senóide. A corrente alternada é exatamente isso, uma senoide que varia entre picos e baixas em uma frequência  definida (60 Hz no Brasil). Isto foi só para lembrar os tempos de faculdade. Vamos lá. Quando transferimos isto para a nossa vida pessoal ou espiritual, a coisa funciona da mesma forma. No casamento enfrentamos períodos de altos e baixos, nosso humor varia entre momentos alegres e momentos de tristeza, etc. Poderíamos aqui enumerar infinitas formas de provar que isto acontece em todos os segmentos, inclusive na nossa vida espiritual. O que quero discutir aqui, entretanto, não é isso. Gostaria apenas de observar que nossas decisões nunca podem ser tomadas em períodos de alta nem de baixa. Toda vez que decisões são tomadas em momentos inadequados, elas podem nos levar a consequências desastrosas. Se por exemplo você decide entrar em um negócio no período de alta, pode correr o risco de se empolgar demais e não conseguir avaliar de uma forma sensata e madura o que pode acontecer. Por outro lado, se você resolve desistir de um projeto em período de baixa, pode deixar de aproveitar uma oportunidade de ouro em algum momento não muito distante. Opa! Se você é observador, você percebeu que eu mencionei entrar em um novo projeto em período de alta e desistir de um projeto em período de baixa. Pois é, esta é a tendência natural, as pessoas normalmente desistem dos sonhos e dos projetos nos períodos de baixa. Vamos observar como
fazem os grandes investidores para ganhar dinheiro nas bolsas de valores? Em períodos de alta, quando os papéis mais estão se valorizando e que existe grande procura, os investidores vendem. Quando os papéis estão em baixa e muita gente está vendendo, os grandes investidores compram. Viu só? Parece que os grandes investidores andam na contra-mão das coisas, quando tem muita gente vendendo eles compram quando tem muita gente que quer comprar eles vendem. Isto não é nenhum segredo, o que precismos é apenas observar as coisas e tomar a decisão mais adequada em cada momento. Vamos agora transferir isto para o sentido espiritual? O Apóstolo Paulo já nos ensinava esta verdade dizendo "Quando penso que estou fraco, então sou forte" ((II Co 12.10)
Estou escrevendo este artigo para chamar você a uma reflexão. Entendo que a palavra "decisão" é uma das palavras mais importantes que existe em nosso vocabulário. São as decisões que tomamos que moldam o nosso futuro, que vão aos poucos construindo quem nós somos ou onde vamos chegar. Foram as suas decisões que fizeram de você quem você é, correto? Então, porque muitos ainda insistem em tomar decisões durante situações extremas, sejam elas de baixa ou de alta? Quero propor a você uma coisa: que tal colocar um pouco de equilíbrio em sua vida e não tomar decisões em momento inadequado e desta forma comprometer o seu futuro? Que tal não desistir dos seus sonhos quando a vida lhe prega alguma peça e você se sente completamente desmotivado?  Ou, que tal não tomar decisões precipitadas em momentos de euforia e depois se arrepender de ter feito alguma coisa precipitada?
Fim de semana chegando, muita expectativa, quero convidar você a parar um pouquinho e refletir sobre o momento que você está atravessando. Se é tempo de baixa, creio que você já tenha entendido que não é tempo de desistir. Se é tempo de alta, cuidado, não tome decisões precipitadas que podem levar você a se arrepender no futuro. Conte até 10, até 100, até 1000 e então decida. Decida com a certeza de que você tenha feito a coisa correta. Assim, dentro de algum tempo eu vou receber um comentário seu dizendo que valeu a pena refletir e esperar pelo melhor momento para decidir.

Abraço

Pr Helio Morais

4 comentários:

  1. O importante de decidir uma situaçao, é esperar que vc nao so acerte,mas tenha erros tambem! se vc errar, pare, volte a fita, veja como fez , e, com muita sabedoria, mude....sem medo de errar de novo( pelo menos vc tentou) pq lá na frente, se vc largar o projeto, vai dizer pq nao tentei isto!tente, sem medo de ser feliz! as vezes "largar" tambem é uma melhor decisao!"

    ResponderExcluir
  2. Pastor,o sr ja tentou tomar café sem açucar?
    1o passo- 1o gole ,fazendo cara feia!sem cara feia é acerto na 1a! gostar ,entao, é soltar fogos logo de cara!
    2o passo - tentar de novo no 2o dia - com cara feia,mas nem tanto,pq ja conhece o sabor do que vem na lingua! aprendeu a reconhecer o sabor!
    3-a,4a, 5a tentativa....depois da 10a tentativa, ponha açucar no café...nada sera a mesma coisa.....vc mudou uma situaçao !

    Samirinia

    ResponderExcluir
  3. Muito Bom Pastor!
    Deus abençoe!

    ResponderExcluir

Que legal receber seu comentário!