sexta-feira, 1 de abril de 2011

Todos nós temos os nossos segredos.

Você já se arrependeu de ter contado algo a alguém que você pensava ser de confiança mas não conseguiu guardar o seu segredo?
Isto é algo muito comum entre as pessoas. Guardar segredos requer muito auto-controle.

Existem segredos do passado e segredos do futuro. Vou tentar explicar. Os segredos do passado normalmente são coisas que conhecemos e que, se contados podem comprometer alguma coisa. Normalmente os segredos do passado são como se fossem um peso. Muitos não conseguem conviver com isto e acabam por fim revelando os seus segredos.
Os segredos do futuro normalmente estão associados a estratégias, a planejamentos, a sonhos e coisas deste tipo. Estes são mais fáceis de se esconder. Sabemos que não podemos revelar os nossos sonhos para qualquer pessoa.
Os segredos do futuro, se revelados podem comprometer algo que você deseja fortemente. Por outro lado, os segredos do passado, se revelados podem levar você à ruína.
Em outras palavras, os seus segredos podem ser a sua arma secreta ou podem ser o seu ponto fraco.
Ou podem ser os dois.
Confuso? Talvez seja, mas se você pensar um pouco você vai ver que faz todo o sentido.
A Bíblia nos conta (Juízes 13 a 16) a história de um homem escolhido por Deus pra ser um grande guerreiro. Para tanto, Deus o capacitou com uma força especial que poderia transpor qualquer barreira. Seu nome é Sansão. Se fosse nos nossos dias diríamos que Sansão possuía "superpoderes". Bastante parecido com estes que tanto admiramos nos filmes de aventura. Com apenas uma diferença: Sansão possuía poderes de verdade.
Sansão era possuidor de uma força descomunal que lhe conferia a fama de ser invencível. São inúmeras as histórias dos embates de Sansão contra os filisteus.
Em diversos episódios descritos no Livro dos Juízes vemos um Sansão ativo, forte, determinado, comprometido com os seus afazeres e pronto a executar a vontade de Deus que o havia capacitado para tal serviço.
Havia entretanto uma condição para que Sansão possuísse tamanha força. Ele era um Nazireu. Isto significa que ele não poderia cortar o seu cabelo.
Determinado dia Sansão conheceu Dalila, mulher formosa, sedutora que conquistou de vez o coração de Sansão. A Bíblia os descreve que Sansão começou a viver perigosamente, andar à beira do abismo, arriscar-se um pouco além do que deveria. Aliás, era era forte. "Qual o problema, se sou imbatível?", talvez pensasse.
Vemos Sansão desafiar o perigo permitindo que fosse amarrado e andando livremente entre os filisteus. Mas
isto não durou muito. Todos nós sabemos no que isto pode dar. Dizem que "até os malandros tem o seu dia de Mané"... dizem.
Determinado dia, depois de atormentar insistentemente a Sansão, Dalila colocou o seu amor à prova. Ele deveria contar de vez o seu segredo pois ela não suportava mais ser enganada.
Não resistindo a tamanha pressão, Sansão então revela o seu segredo: "se cortarem o meu cabelo me tornarei igual à um homem comum".
Ponto. Estava assinada a sentença de morte de um homem escolhido por Deus para uma grande missão. Dalila esperou Sansão dormir e cortou os seus cabelos. Convocou os filisteus, cercou Sansão e o acordou repentinamente: Sansão! Acorde que os filisteus chegaram para te atacar".
Como das outras vezes Sansão acordou e pensou consigo: De novo estes filisteus? Vou me vingar deles de uma vez por todas".
Pobre Sansão. Agora não era mais aquele homem poderoso. Sentia-se um homem comum, incapaz de se defender.
Seus inimigos foram implacáveis. Amarraram Sansão e furaram os seus olhos. Agora, além de fraco era um homem cego e indefeso.
Encerramos neste momento a trajetória de um homem que tinha tudo para ser um grande nome da história.
Tudo isto porque Sansão siplesmemente contou o seu segredo.
Não preciso relatar o final desta história. Você mesmo pode conferir em Juízes 16.
Aqui, neste ponto eu já tenho os dados para aprender uma grande lição. Jamais conte os seus segredos a ninguém principalmente se este segredo vai expor a sua intimidade com Deus.
Por isto o título desta reflexão: "Todos nós temos os nossos segredos".
O inimigo vive nos rodeando tentando descobrir os segredos que estão guardados no nosso coração.

Se lembram de Adão e Eva no jardim do Édem? Levados a pecar porque revelaram à serpente o que de mais precioso eles tinham: seu segredo com Deus.

O inimigo sempre vai tentar nos convencer de que o nosso segredo não vale nada. Não caia nesta.
Valorize o que Deus fez por você. Não menospreze o investimento que Deus fez na sua vida.
Não banalize a graça de Deus a ponto de acreditar que tudo que você aprendeu como sendo pecado não é tão grave quanto você pensava.
Não desvalorize o seu segredo como se fosse uma mercadoria qualquer.
Preserve a sua intimidade com Deus a qualquer custo.
Desta forma, eu tenho certeza que você vai conseguir cumprir todo o propósito de Deus na sua vida. Você vai se classificado entre os grandes heróis. Entre aqueles que nasceram para marcar a história.

Um grande abraço.

Pr Helio Morais

Um comentário:

  1. I am doing research for my university thesis, thanks for your great points, now I am acting on a sudden impulse.

    generic paxil

    ResponderExcluir

Que legal receber seu comentário!