segunda-feira, 2 de abril de 2012

Retrato de uma Semana abençoada

Não é de se estranhar que a Segunda Feira é uma dia temido por quase todo mundo. Talvez pelo fato de ser o começo da semana, talvez seja pelo fato de interromper o ritmo do final de semana, ou por qualquer outra razão. Esta opinião, logicamente não é unânime. Entretanto, mesmo que você não ache a Segunda Feira um dia  assim tão temido, uma coisa é certa: Segunda Feira não seria o dia preferido de ninguém.
Eu não acho a Segunda Feira um dia ruim, considero apenas um dia normal. Esta Segundo Feira, entretanto foi uma dia muito especial.
Eu já imaginava isto quando comecei as primeiras horas do Domingo. Participei de dois cultos maravilhosos, um na IEB SP às 10 h da manhã e outro na IEB Vale às 18 h. Ouvimos uma palavra diretamente do coração de Deus para o nosso coração. Já era o prenúncio de uma semana muitíssimo abençoada. 
Aprendemos no culto que quando olhamos para a Cruz de Cristo encontramos um ponto de referência para uma vida de plena felicidade. Descobrimos juntos que quando meditamos no ensinamentos de Cristo a respeito da Santa Ceia (I Co 11.23-32), encontramos um orientação clara de como devemos abordar as questões que envolvem o nosso passado, como aproveitar as oportunidades do presente e como nos apropriar das promessas de Deus para que o nosso futuro seja brilhante.
Mas, como eu disse, isto era apenas o prenúncio de uma semana abençoada. Pretendo fazer uma relato diário de toda esta semana. Então aí vai:

Segunda Feira

Comecei a Segunda Feira com um dia muito produtivo e alegre no trabalho. Elogiado por desempenhar um bom trabalho no plantão no final de semana, cheguei ao final do dia com a sensação do dever cumprido.
Final de tarde, mochila nas costas, hora de fazer a caminhada semanal de volta para casa. São 10 km da empresa até em casa, parte deles caminhando, parte correndo. Hoje foi meu recorde (não vou dizer o tempo...).
No meio do caminho fui surpreendido por uma chuva torrencial. Tudo de bom.... quem não gosta de um banho de chuva? Há até quem pense que banho de chuva é coisa pra criança. Quem pensa assim não sabe o que está perdendo.
E se for chuva com sol? Melhor ainda... e foi exatamente o que aconteceu. A chuva caia de forma torrencial, mas era possível ver o sol brilhando muito forte acima das nuvens, com seus raios cortando as densas nuvens carregadas de chuva. Que visão maravilhosa. Quase poética.
Cheguei em casa todo molhado, feliz da vida por contemplar o capricho com que Deus fez todas as coisas. A natureza encanta. Não é a toa que o Salmista Davi declarou: "Os céus proclamam a Glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos"(Salmos 19.1)
Fui direto para um banho bem quentinho e renovador. O cheiro da janta preparada com carinho enchia a casa desde a porta de entrada.
Terminei o dia com um culto de oração na igreja onde tive o grande privilégio de agradecer a Deus por tantas bençãos em um só dia. E isto é apenas o começo.

Amanhã eu conto a como foi a Terça Feira. Você tem alguma dúvida de que vou ter motivos para louvar a Deus?

Aguarde....

Pr Helio Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que legal receber seu comentário!