segunda-feira, 11 de março de 2013

É o que tem para hoje.

Você já deve ter ouvido esta expressão milhares de vezes. Uma rápida pesquisa no Google nos indica que muitas vezes esta expressão está ligada à comidas. Normalmente usada para indicar um cardápio específico do dia ou até para justificar alguma falta de opção.
Inicialmente não me parece uma expressão muito negativa.
Entretanto, além de ser utilizada no contexto acima, tenho visto inúmeras vezes esta expressão ser usada para definir situações que não são muito agradáveis no dia-a-dia. Por exemplo, uma solução temporária para um problema, uma solução que ameniza mas não resolve, um emprego que não era o que se esperava mas "serve", etc...
Neste contexto, quando começa a analisar mais cuidadosamente as vezes que a ouvi, percebo se tratar de algo extremamente degradante.
Está normalmente ligada à conformismo, insatisfação, negativismo, contentamento parcial. Pessoas que a usam neste contexto querem dizer: 
"Não era o que eu esperava, mas é tudo que posso fazer" ou 
"Se não pode ser melhor, que seja assim mesmo"
"Não posso fazer nada para melhorar isto, então vamos em frente" ou tantos outros significados parecidos com estes...
Consegue perceber o negativismo envolvido por trás destas situações?
Enquanto refletia sobre isto, me veio à mente um episódio um tanto interessante. No livro de Daniel 1.1-21 lemos a história de quatro jovens de linhagem real que foram selecionados pelo Rei Nabucodonosor para serem treinados na cultura dos caldeus e servirem em seu palácio. Era uma situação de escravidão, mas como estes rapazes eram de linhagem real e eram cultos, o rei determinou que durante o processo de treinamento eles fossem servidos com  a mesma comida servida no palácio. Seriam tratados como verdadeiros príncipes participando de todas as iguarias que eram servidas ao rei. Não parecia ruim, era a mesma comida servida para o rei. E, qual o pecado que há nisto? Será que eu poderia usar aqui a expressão "É o que tem para hoje?" Não parece perfeitamente aplicável?
A reação normal de algumas pessoas seria se conformar com a situação e participar do esquema já que não poderiam fazer nada, já que era o que tinha para o momento.
Entretanto não foi isto que fizeram aqueles quatro jovens. Daniel pede ao responsável pelo cardápio para lhes servirem legumes e água, o que foi imediatamente rejeitado. Claro, quem trocaria as iguarias servidas no palácio por legumes e água? Daniel propõe então fazer um teste durante dez dias, ao fim dos quais haveria uma avaliação. Qual não foi a surpresa do mordomo ao terminar o prazo e perceber que a aparência dos jovens era muito melhor que a dos outros tantos que não seguiram a mesma dieta. Mais do que isto, terminado o treinamento, estes jovens foram apresentados ao rei que ficou impressionado com o resultado. Eles eram dez vezes mais inteligentes que os outros que passaram pelo mesmo treinamento.
O que posso aprender com isto?
Existem situações em nossa vida que nos levam a pensar que não existem outras possibilidades, outros caminhos, outras saídas. Aí, algumas pessoas apelam para esta tão famosa expressão: "É o que tem para hoje", e se conformam com qualquer coisa que encontram pela frente, se sentem impotentes diante de determinada situação e entram de cabeça sem medir as consequências de comprometer o seu compromisso com Deus e os seus valores.
Quantas pessoas fracassadas por aceitarem situações humilhantes e degradantes, por se conformarem e dizerem a si mesmas "É o que tem para hoje".
Pessoas que perdem a bênção de Deus por aceitarem participar das "iguarias do rei" e não preservarem a sua comunhão e compromisso com Deus. Pessoas que perdem a bênção de Deus por se precipitar e aceitar o que vem pela frente.
Convido você a mudar este quadro e seguir o exemplo destes quatro jovens. Não se deixe convencer de que não há outras alternativas, não se conforme com "meias soluções", não troque a bênção de Deus por uma solução imediatista que pode comprometer a sua integridade.
Creia que Deus tem algo melhor pra você, creia que as promessas de Deus são reais e só acontecem no tempo certo, creia que o melhor de Deus para você ainda está por vir.
Creia que, passados os dias de teste, Deus tem algo muito especial preparado pra você. 
Risque do seu vocabulário a expressão:"É o que tem para hoje".

Abraço


Veja outros temas:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que legal receber seu comentário!