quarta-feira, 2 de junho de 2010

Abertura Congresso de Jovens em Serra Negra

Congresso de Jovens em Serra Negra.

Tudo pronto para o início do Congresso de Jovens em Serra Negra.

Logo quando chegamos ao Hotel Firenze, local preparado por Deus para realização do evento, fomos tocados profundamente por uma mensagem escrita pela Pra Aline e deixada em cima de cada cama. Foi algo emocionante. Chegamos a chorar quando lemos o tão carinhoso bilhete. Sentimos a benção de Deus repousar sobre o lugar onde, conforme descrito pela Pra Aline, “chegamos à Jerusalém pelas mãos do tão amoroso Pr Jamil”.
Na manhã seguinte, depois de uma noite de descanso abençoado, uma manhã linda de sábado, mais precisamente no dia 29 de Maio de 2010, acontecia então o culto de abertura do tão esperado Congresso.
Pra Marli Machado, responsável pela IEB em Serra Negra foi encarregada de fazer o discurso de abertura e dar as boas vindas aos Jovens da IEB SP e aos Pastores da IEB SP, IEB Vale e IEB União que foram convidados para o evento.
Pra Marli fez uma retrospectiva da trajetória da IEB em Serra Negra e afirmou de forma muito emocionada: “Valeu a pena esperar em Deus”. Ressaltou que nos últimos anos não fez outra coisa senão “esperar em Deus”. E afirma novamente: “e como valeu a pena”.
A mensagem tocava o coração dos presentes de forma impressionante. A esta altura, o Espírito Santo já tomava conta do ambiente tornando-o num clima de comoção e alegria.
Vimos a glória de Deus através da vida da Pra Marli. Era notório a todos o crescimento pessoal e ministerial da Pra e radialista Marli Machado.
Fiquei encantado quando Pra Marli afirmou que estamos constantemente em guerra, o que não é nenhuma novidade. Novidade foi ver uma pessoa afirmar com tanta propriedade que “Deus à vezes nos tira da frente de batalha e nos leva para os montes a fim de termos um tempo de refrigério e contemplar a vista privilegiada que há lá em cima”.
E segue dizendo, desta vez após um salva de palmas: “chegou este tempo de refrigério”. Aleluia!
O discurso seguia entre palavras que tocavam o nosso coração e “pérolas” que eram lançadas a todos os momentos.
Após a leitura no evangelho de Marcos 10.17 a 22, ressaltou a importância de assumirmos a responsabilidade na obra de Deus e sempre estarmos prontos a cultivar relacionamentos. A aprender a controlar nossas emoções e atitudes pra não termos do que nos arrepender posteriormente.
Destacou ainda a importância do contato entre “pastor e ovelha” e frisou que durante a nossa história de vida somos confrontados por situações que à vezes contrariam nossas convicções, entretanto é necessário entrar pelo caminho da obediência.
Aí, mais uma “pérola” é lançada: “Obediência gera benção, o que muitas vezes explica porque algumas pessoas são mais abençoadas que outras”.
Encerrou destacando a importância de abrir mão de coisas que atrapalham a nossa caminhada para servirmos a Deus e afirmando: “Devemos imitar a Josué e Calebe porque os murmuradores são enterrados no deserto”.
Esta foi a melhor forma que tive para retratar um culto marcante que jamais poderei esquecer. Um culto pra marcar uma nova fase da IEB em Serra Negra.



Um grande abraço a todos.



Pr Helio Morais

2 comentários:

  1. Gloria a Deus por esse texto Pr, venho falar tambem que aprendi MUITO nesse final de semana, Deus falou comigo de uma forma sobrenatural, eu conheci "novos" Pastores, e vi a Gloria de Deus descer naquele lugar!!

    Abraço Pastor

    ResponderExcluir
  2. Aleluia! Glória a Deus pela vida de cada um que pode participar de tão abençoado evento! O amor de Deus e a comunhão do Espírito em cada um dos presentes, a cada palavra dita, a cada gesto, só fez tornar ainda mais perfeita a caminhada! Sim, senhores, estamos em guerra constante, mas Deus é sempre conosco e nos guarda durante a peleja... Só tenho a agradecer pela oportunidade que Ele me deu de participar desse momento, de aprender e vivenciar, de forma sobrenatural, as experiências que cada dia mais Ele tem pra mim! Deus abençõe à todos! Abraço Pastor!

    ResponderExcluir

Que legal receber seu comentário!