quarta-feira, 6 de junho de 2012

Um grande livramento de Deus.

Por diversas vezes ensinei na igreja que devemos pensar em nossas escolhas porque são elas que definem o rumo da nossa vida. Você deve conhecer muitas histórias de tragédias, não conhece? Deve também conhecer algumas de aventura, comédia, drama, e tantas outras mais. As circunstâncias influenciam de forma direta a nossa história e, não há como negar que as circunstâncias são resultado direto das nossas escolhas. Então, tudo se resume em escolhas. Existem escolhas e escolhas. Algumas de maiores impactos, outras de menores impactos mas no final das contas todas são escolhas.
Apenas para exemplificar o que estamos falando, podemos citar como escolhas: fazer ou não fazer aquela viagem, dar ou não dar aquele telefonema, trocar de carro, casar ou não casar, etc.
Este começo de história foi apenas para me inspirar a contar o que aconteceu comigo neste fim de semana. Como sempre, vivemos viajando em função dos trabalhos da igreja. Nossas filhas, Jéssica e Layane normalmente ficam sozinhas em casa devido aos compromissos pessoais e as atividade da igreja em São José dos Campos. Na manhã deste Domingo, enquanto nos preparava para ir ao culto da IEB SP, toca o telefone, era a Layane avisando que iria tomar café em Campos do Jordão com alguns amigos. Por um instante, me veio ao coração um sentimento estranho e dissemos que não. Logicamente que esta resposta não agradou em nada a Layane. Mas enfim, ela escolheu obedecer. Algumas horas mais tarde, a Jéssica levanta-se e tem uma crise de hipoglicemia. Ao se levantar da cama e tentar ir até a cozinha comer algo, desmaiou bem nos braços da Layane. Não teve forças sequer para caminhar até a cozinha. Foram minutos de tensão até que a Jéssica recobrasse a consciência e conseguisse ingerir algo para se recuperar. Passado o susto, quando voltamos para a cidade à noite e fomos ao culto, encontramos as duas felizes e agradecendo a Deus por este grande livramento.
Entendeu agora porque falar de história de tragédia ou de vitória? As escolhas definem este tipo de situação, a Layane escolheu obedecer e este foi o resultado desta escolha. Já pensou como seria esta matéria se não fosse a intervenção de Deus? E se as escolhas fossem diferentes?
Aí vai um conselho: pense bem em suas escolhas são elas que definem o seu futuro, a sua história de vida.

Abraço

Pr Helio Morais

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que legal receber seu comentário!